(des)encontros

os encontros e desencontros
acabam gerando um confronto.
tudo o que vai, volta
me deixando esperançosa.
muitas vezes, somos obrigados
a deixar aquilo que amamos de lado.
difícil largar,
impossível não chorar.
o pensamento atordoa,
então me perdoa.
não queria ir embora,
mas preciso fazer isso agora.
acompanhada da solidão,
deixo meu coração em suas mãos.
faça bom proveito,
desde que seja com respeito
com carinho,
mas sem passarinhos.
com amor,
mas sem pudor.

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: